A PIB

Perfil Editorial:

A PIB é um portal de comunicação e informação sobre a economia brasileira globalizada. Foi criada em 2007 pela Totum Excelência Editorial, de São Paulo.

Por meios digitais e nas edições impressas da Revista PIB, acompanhamos e cobrimos a internacionalização das empresas nascidas no Brasil e a inserção do país na economia global (também nos interessa, na outra mão desse caminho, a atividade de empresas e investidores internacionais no Brasil).

Do que falamos:

Nossa cobertura é local e internacional. Além dos negócios tradicionais, estamos atentos ao universo do conhecimento e da economia criativa. Falamos também de design e moda, inovação e ciências, educação e capacitação, bem como da sustentabilidade social e ambiental.

Nosso tema mais amplo é o Brasil no mundo. Quando a PIB começou, ainda eram poucas as empresas brasileiras que se lançavam nos mercados internacionais: hoje, podem ser contadas às centenas.

Ampliou-se ainda o leque de setores internacionalizados, assim como se tornou mais diverso o perfil das multinacionais brasileiras. Tratamos cada vez mais de startups de tecnologia e de franquias — marcas pequenas e médias que nascem com ambição global —, e não só das grandes empresas que partiam para o mundo na primeira década do século 21.

Pretendemos ser um canal privilegiado de informações e ideias para pessoas, empresas e organizações em busca de notícias sobre uma economia que vem ampliando sua participação na arena global. Para esse fim, abraçamos os seguintes objetivos:

  • Reportar e analisar os desafios e ganhos da internacionalização
  • Abrir uma vitrine para a inovação e a invenção brasileiras em todas as áreas tecnológicas e da economia criativa
  • Apresentar modelos de sucesso para a inserção internacional
  • Difundir tendências e oportunidades de negócios ao redor do mundo
  • Dar destaque à tarefa de treinar e capacitar pessoas para atuar globalmente
  • Incentivar a internacionalização das empresas de menor porte

Nossa história:

A Revista PIB nasceu como uma publicação impressa, que logo ganhou uma versão digital (www.revistapib.com.br). De setembro de 2007 a janeiro de 2018, a Revista PIB teve 38 edições em papel, cujas matérias mais importantes foram também publicadas no site.

Em maio de 2018, lançamos um novo site, mantendo o mesmo endereço. Seu conteúdo, entretanto, foi inteiramente reformulado e ganhou novas funcionalidades.

A partir dessa data, a versão digital tornou-se o principal elemento da plataforma da PIB, passando a receber regularmente matérias, colunas e outros conteúdos jornalísticos originais.

Continuaremos a publicar pelo menos duas edições especiais impressas da Revista PIB por ano. Esses números especiais — que podem ser edições temáticas —, seguem tendo suas principais matérias postadas no site.

Os conteúdos do site anterior estão sendo gradualmente transferidos para esta nova versão digital. Desde já, entretanto, as edições impressas da Revista PIB a partir de 2007 estão disponíveis em versão PDF, em português e em inglês (estas, até a última edição de 2015).

Também é possível acessá-las por meio dos links Edições Impressas/Print Editions, no menu superior do site e no pé da home page.

Quem faz:

A PIB é dirigida pela jornalista Nely Caixeta, com longa experiência em redações no Brasil e no exterior. Ao longo de 20 anos na Editora Abril, Nely trabalhou nas editorias Internacional e Economia das revistas Veja e Exame e chefiou a sucursal da Exame em Brasília. Antes, trabalhara nas redações do Estado de S. Paulo, da BBC de Londres e da agência UPI. Foi bolsista do World Press Institute e vencedora dos prêmios de jornalismo Ayrton Senna, CNT, CNH e CitiImprensa/Universidade de Columbia, em Nova York. É ainda coautora dos livros A Era FHC e Passaporte para o Mundo.

Para a produção e edição da PIB, Nely tem a colaboração de uma equipe experiente e diversa de profissionais do jornalismo, comentaristas e articulistas nas áreas de economia, negócios, comércio exterior e reportagem internacional. Entre os colaboradores da PIB, no passado ou na atualidade, estão os jornalistas Marco Antonio Rezende, Armando Mendes, Dario Palhares, Luisa Mendes, Antonio Carlos Santomauro, Suzana Camargo, Adriana Setti e Tania Menai, entre outros.

Da mesma forma, já assinaram artigos de opinião e comentários, na PIB, autores como Vera Thorstensen, Otaviano Canuto, Octavio de Barros, Peter Hakim, Ernesto Henrique Fraga Araujo, Rubens Barbosa e Ricardo Sennes.

Foram ainda entrevistados pela PIB, entre acadêmicos, empreendedores e personalidades públicas, nomes como Rubens Ricupero, Albert Fishlow, Pankaj Ghemawat, José Santos, Marco Stefanini, Laércio Cosentino, Karl Sauvant, Lourdes Casanova, Afonso e Maria Tereza Fleury, Glauco Arbix e Daniela Barone Soares.