Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Sábado, 25 de Novembro de 2017

 

Ypióca, quem diria, agora é gringa

Tradicional fabricante britânico de bourbon compra a Ypióca por 360 milhões de euros

Os estrangeiros que se encantam com a caipirinha quando visitam o Brasil vão poder, a partir de agora, produzir a bebida em seus países com mais facilidade. A Ypióca, cachaça tradicional no Brasil – e entre as mais desejadas e caras fora daqui – agora pertence à britânica Diageo, que pagou 360 milhões de euros – quase 900 milhões de reais – pela empresa de origem cearense líder no mercado nacional da bebida no segmento premium. Detentora de marcas do porte de porte de Johnnie Walker e Smirnoff, a Diageo pode ampliar a presença no exterior da marca Ypióca, já exportada para dezenas de países: “Assim como aconteceu com a tequila mexicana e com o rum caribenho, temos grande potencial para alavancar internacionalmente a categoria cachaça”, diz a assessoria de comunicação da empresa, em resposta a questões enviadas pela PIB. Nesses segmentos apontados como parâmetros para a futura trajetória internacional, a Diageo – cujo faturamento mundial foi de 16 bilhões de dólares em 2011 – controla marcas fortes, como a tequila José Cuervo e o rum Captain Morgan. Com a aquisição, além receber sua primeira fábrica própria no Brasil (onde atuava apenas com produção terceirizada), a multinacional coloca-se, também, de maneira firme no promissor mercado da emergente classe média do país, hoje com um nível de renda que lhe permite buscar produtos – inclusive a tradicional cachaça – qualificados como premium. A família Teles, controladora da Ypióca desde sua fundação, há 165 anos, pelo imigrante português Dario Telles de Menezes, repassou à Diageo uma destilaria, uma engarrafadora, um centro de distribuição e todo seu portfólio de marcas de bebidas destiladas. Restam ao grupo sediado na cidade de Fortaleza, hoje comandado por Everardo Telles – da quarta geração da família –, além de um bom dinheiro em caixa, negócios nas áreas de agropecuária, produção de etanol, turismo e indústria de embalagens, entre outras.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
29/09/2015 -   Passage to India
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados