Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Sábado, 25 de Novembro de 2017

 

09/08/2011

Evento reúne autoridades para debater "O Brasil no Cenário Global"

Essa foi a sétima edição da Conferência, que tem o objetivo de debater temas relevantes para o Brasil e para os Estados Unidos

Organizado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e pelo Conselho das Américas, principal organização empresarial dos Estados Unidos, a Conferência de São Paulo 2011 foi realizado hoje, 9 de agosto, no hotel Sheraton World Trade Center, em São Paulo. Com o tema “O Brasil no Cenário Global”, essa foi a sétima edição da Conferência, que tem o objetivo de debater temas relevantes para o Brasil e para os Estados Unidos.

Autoridades governamentais, líderes empresariais e formadores de opinião debateram as perspectivas e tendências econômicas para os próximos anos em três painéis: Inovação no Brasil: Desafios e Oportunidades; Brasil e EUA: Desenvolvendo uma Estratégia Integrada; e Promovendo o Empreendedorismo e a Competitividade: Qual é a Realidade Brasileira?

No discurso de boas-vindas, a presidente da Americas Society e do Conselho das Américas, Susan Segal, destacou que o Brasil ocupa lugar estratégico no cenário global e tem oportunidades cada vez maiores. “O Brasil é claramente uma força emergente e um destino financeiro importante que está sendo escolhido por grandes empresas mundiais para seus investimentos”, disse. “Mas há desafios a encarar, como a expansão da infraestrutura e os investimentos em educação, temas que ainda são grandes desafios para o Brasil e para a América Latina”, completou.

O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira, fez uma apresentação sobre o cenário econômico do Brasil e também falou sobre o Plano Brasil Maior. “A economia mundial vive um momento de volatilidade e instabilidade que dificulta previsões, mas é certo que os países emergentes terão um papel cada vez mais relevante. O Brasil oferece oportunidades importantes neste cenário e só terá sucesso se houver uma ação articulada entre governo e iniciativa privada”, disse Teixeira.

O presidente da Apex-Brasil, Mauricio Borges, ressaltou que o Brasil tem nos Estados Unidos um importante parceiro para o desenvolvimento de suas ações de promoção comercial e de investimentos. “A Apex-Brasil tem se empenhado na busca de oportunidades para ampliar as relações comerciais entre os dois países por meio de ações de promoção de negócios, a exemplo do Projeto Fórmula Indy e do Centro de Negócios de Miami, que dá suporte a empresas brasileiras”, disse.

Os debates e painéis tiveram participação do Embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon, que destacou que há disposição para um relacionamento melhor e mais profundo entre Brasil e Estados Unidos e para uma estratégia conjunta de desenvolvimento com foco em setores como educação, tecnologia, inovação, comércio e investimentos. Participaram também do evento o Embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Mauro Vieira, o presidente do Conselho de Administração da Americas Society e membro do Conselho das Américas, embaixador John Negroponte, o presidente da Autoridade Pública Olímpica e ex-presidente do Banco Central do Brasil, Henrique Meirelles, e presidentes e diretores de empresas como Telefonica Brasil, Citibank Brasil, Advent International e PepsiCo, entre outros.


28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
29/09/2015 -   Passage to India
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados