Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Domingo, 21 de Janeiro de 2018

 

07/07/2011

Emissão de visto de trabalho para estrangeiros cresce 20% este ano

O número de vistos de trabalho para estrangeiros aumentou 19,4% no primeiro semestre deste ano em comparação com o primeiro semestre do ano passado, segundo dados do Ministério do Trabalho. Foram concedidas 26.545 autorizações este ano, contra 22.188 em 2010.

As autorizações temporárias, de até dois anos, aumentaram 18,9% na primeira metade do ano, com a emissão de de 24.684, ante 20.760 em 2010. As autorizações permanentes concedidas neste primeiro semestre também superaram as do primeiro semestre do ano passado, com crescimento de 30,3% (de 1.428 para 1.861).

A maior parte dos vistos temporários foi emitida a pessoas que trabalham em navios ou plataformas estrangeiras de petróleo (8.234). Na sequência, trabalhadores que vieram ao Brasil para prestar assistência técnica por até 90 dias, sem vínculo empregatício (5.026) e artistas ou desportista sem vínculo empregatício (4.504).

Grande parte dos vistos de trabalho permanentes foi concedida para administradores, diretores e executivos em geral (762), seguidos de investidores pessoa física (434). Segundo o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, isso mostra que as empresas estrangeiras buscam, cada vez mais, investir no Brasil. “É o capital estrangeiro trazendo pessoas para trabalhar aqui que acreditam no investimento desse capital.”

A maior parte dos estrangeiros autorizados este ano a trabalhar no Brasil tem ensino superior completo ou habilitação equivalente (14.047). Em seguida estão os que concluiram a ensino médio ou técnico (8.439). Também houve um grande crescimento de pessoas com curso de mestrado: 599 em 2011, contra 181 no ano passado.

O ministro disse que, apesar do aumento da entrada de estrangeiros para trabalhar no Brasil, não há perigo de substituição de mão de obra. “Em alguns casos pode haver [substituição de mão de obra], mas, na grande maioria, não. É muito mais barato contratar aqui do que trazer uma pessoa [do exterior]”, explicou.

Ele disse ainda que, antes de contratar trabalhadores estrangeiros, a empresa tem que fazer um anúncio de contratação em jornal de grande circulação nacional. Caso não surjam brasileiros para as vagas, a contratação de estrangeiro é autorizada.

De acordo com o ministro do Trabalho, aumentou a quantidade de latino-americanos trabalhando no Brasil, principalmente bolivianos e haitianos. Mesmo sem informar o número de vistos de trabalho por nacionalidade, Lupi disse que as obras das usinas hidrelétricas Jirau e Santo Antônio estão absorvendo muitos desses trabalhadores.

Com informações da Agência Brasil

undefined


28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
29/09/2015 -   Passage to India
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados