Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Segunda, 16 de Julho de 2018

 

11/10/2010

WSJ: Por que o Brasil emergiu tão rápido da crise?

Para o prêmio Nobel Michael Spence entre as razões, os gestores econômicos apresentaram 'um elevado grau de competência'


Por que a China, a Índia e o Brasil emergiram muito mais rapidamente da crise financeira global do que as economias avançadas fizeram? Para o economista e prêmio Nobel Michael Spence, da New York University, há várias razões, segundo a reportagem do Wall Street Journal (Why Are China, India and Brazil Rebounding Faster Than the U.S.?; 11/10/2010).

Entre as explicações dadas por Spence durante uma palestra em Denver (EUA), essas economias tinham acumulado grandes reservas cambiais, não tinham instrumentos complexos de titularização e seus bancos centrais responderam com agilidade semelhante à reação dos bancos de países desenvolvidos. Além disso, o economista destaca que “os gestores econômicos desses países apresentaram um elevado grau de competência”.

"Isso é sustentável? Será que eles vão continuar crescendo? Acho que a resposta é um qualificado ‘sim’", disse Spence, segundo o WSJ. "Eu não diria que 10 anos atrás."




28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
31/03/2016 -   Em 15 anos, a Votorantim e a Intercement chegaram ao grupo dos 20 maiores produtores do mundo
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   De olho no mundo
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   A bigger share, please?
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados