Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Segunda, 18 de Junho de 2018

 

25/07/2010

Investimento estrangeiro no Brasil recua 42%, diz ONU

A queda foi maior do que a média mundial, que sofreu redução de 37%, a US$ 1,1 tri

O volume de investimento direto estrangeiro (IDE) no Brasil, destinado a atividades produtivas, caiu 42% em 2009, de acordo com o relatório World Investment Report, da Unctad (Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento).

A queda é maior do que a média mundial: em 2009, os reflexos da crise econômica mundial fizeram cair 37% o volume mundial de IDE em todo o mundo. Isso representou uma queda de US$ 600 bilhões na comparação com o ano anterior, totalizando US$ 1,1 trilhão. O Brasil, com US$ 26 bilhões, ocupa a 14ª posição no ranking de países que mais receberam IDE em 2009.


Na América Latina, a redução foi de 36%. Já os Estados Unidos sofreram uma redução de 59% no fluxo de IDE no ano passado, mas continuam na primeira posição, com US$ 316 bilhões recebidos em 2009.

A
China, segunda colocada na lista dos que mais receberam IDE em 2009, sofreu uma retração de 12% no fluxo de recursos, assim como a da Índia. A Rússia, no entanto, registrou uma queda de 48%. Entre os 20 países que mais registraram entrada de IDE, a Espanha sofreu o maior impacto, com queda foi de 79,4%.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
31/03/2016 -   Em 15 anos, a Votorantim e a Intercement chegaram ao grupo dos 20 maiores produtores do mundo
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   De olho no mundo
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   A bigger share, please?


Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados