Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Sábado, 25 de Novembro de 2017

 

Dez 2009/Jan 2010

O valor da biodiversidade

Em quantidade embarcada, o Brasil é o maior exportador mundial de extratos vegetais; em faturamento, porém, o país é o décimo no ranking

Antonio Carlos Santomauro

Em quantidade embarcada, o Brasil é o maior exportador mundial de extratos vegetais, insumos usados em escala crescente em setores como as indústrias alimentícia, farmacêutica e de higiene e beleza. No quesito faturamento, porém, segundo estudo realizado pela Fundação Biominas, o país cai para o décimo posto no ranking.

“Boa parte das plantas medicinais brasileiras ainda carece de pesquisas que comprovem os efeitos benéficos de seus princípios ativos”, afirma Gustavo Saddi Bressan, coordenador do estudo na Fundação Biominas. “E, aqui, processo relacionado à exploração da biodiversidade ainda é complicado e burocrático.”

Primeiro país em faturamento, a China tem como vantagens estudos que atestam os benefícios de vegetais como ginkgo biloba e ginseng. Conta, também, a milenar tradição de sua medicina. No ano passado, o Brasil obteve US$ 28 milhões com essa exportação, baseada principalmente nos extratos de guaraná, acerola, açaí e camu-camu, cujos efeitos não são ainda respaldados pela ciência.

foto: 3000AD/Dreamstime.com (capa)



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados