Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Segunda, 20 de Novembro de 2017

 

Dez 2009/Jan 2010

No Ceará, uma cachaça com malte

Produtor tradicional lança marca especial para comemorar seus 160 anos

Lauriberto Braga, de Fortaleza
Sede do grupo Ypióca, em Fortaleza

Ypióca quer dizer terra roxa em tupi-guarani. Mas, para consumidores de 40 países, é um nome que representa a cachaça brasileira antes mesmo de a bebida ganhar o respeito dos bebedores internacionais nos últimos anos.

Fundada em 1846, exportando há 41 anos, a destilaria cearense começa agora a mandar para os mercados mundiais uma nova marca: a Ypióca 160, uma cachaça que comemora a 16ª década de existência da empresa.

No final de outubro, o grupo que controla a marca – a Holding Telles – inaugurou uma fábrica em Jaguaruana, no Ceará, dedicada exclusivamente às cachaças de exportação.

Às margens do rio Jaguaribe, o investimento inclui 5 mil hectares plantados com cana-de-açúcar. A nova Ypióca 160, segundo a diretora comercial do grupo, Aline Teles, tem um diferencial na sua composição: o malte, extrato de cereal usado também na fabricação de uísques.

É a primeira cachaça do mundo que possui o componente em sua formulação, e é envelhecida em barris de carvalho, segundo Aline.


Novos mercados

A Ypióca 160 mira no mercado dos destilados finos - no Brasil, uma garrafa custa 60 reais. Para chegar à fórmula certa foram necessários r$ 5 milhões de investimentos e oito anos de trabalho - dois de pesquisa e seis de envelhecimento da aguardente.

Ela já foi exportada em pequena quantidade para a Dinamarca, a Alemanha, a República Tcheca,a Espanha e a Áustria. A empresa espera vender inicialmente 6 mil caixas por mês e chegar às 10 mil caixas em pouco tempo.

A destilaria produz hoje, por mês, 70 mil litros de cachaça, com previsão de atingir 75 mil litros, e estima, neste ano de 2009, aumentar em 10% seu faturamento, que no ano passado foi de 300 milhões de reais.

Aline Telles revela que o aumento nas vendas deve se concentrar em países onde o grupo já atua: Espanha, França e EUA, que juntos respondem por 53% das exportações da Ypióca. Mas a empresa explora também novos mercados na África, no Leste Europeu e na Nova Zelândia.

Ainda que as aguardentes sejam o principal negócio do grupo, a Holding Telles controla ainda empresas que produzem papelão, água mineral, garrafas PET e atuam na agropecuária e na piscicultura.

foto: Divulgação


Voltar à matéria de abertura


28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
29/09/2015 -   Passage to India
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados