Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Sábado, 25 de Novembro de 2017

 

Mai/Jun 2009

Chocolate com pimenta

Empresa italiana de especiarias e temperos se encanta pelo cacau do Pará

Em fevereiro, uma pequena mas graduada comitiva da Drogherie & Alimentari, gigante italiana no processamento de especiarias e temperos dos quatro cantos do mundo, desembarcou, pela segunda vez, em Belém do Pará. A razão: escolher um local para a nova fábrica de chocolates que a empresa pretende instalar no estado.

Os italianos parecem ter encontrado no cacau nativo da Amazônia a matéria-prima que andavam buscando mundo afora. “Por conta de seu sabor e aroma, mais acentuados, e de suas propriedades nutritivas, nosso cacau oferece exatamente os diferenciais que eles procuravam”, diz Fátima Gonçalves, diretora de apoio ao comércio exterior da Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia do Pará. “Eles querem qualidade, e não quantidade.”

A D&A confirma o projeto. Mas, segundo Mauro Falcioni, seu porta-voz, não definiu ainda se a unidade produzirá bombons já prontos ou apenas pasta de cacau em barras. Ainda segundo Falcioni, o local exato da fábrica, o prazo para sua construção e o valor total do investimento não foram sacramentados.

Detalhe: os italianos, que visitaram plantações, centros de pesquisa e comunidades paraenses, também ficaram encantados com a pimenta-do-reino produzida em Tomé -Açu.

foto capa: iStockphoto



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados