Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Quinta, 18 de Janeiro de 2018

 

02/04/2009

WSJ: Mercados dos BRICs se recuperam antes dos ricos

Índice que acompanha 50 empresas dos grandes emergentes já está em alta este ano

O índice Dow Jones BRIC 50, que agrupa ações de 50 empresas do Brasil, Rússia, Índia e China, caiu 59% em 2008, mas já ganhou 4,7% este ano - um começo de recuperação que os mercados dos países ricos não dão sinais de acompanhar,  nota o Wall Street Journal (BRICs Top the Pile, 1/4/09).

Segundo a coluna Market Beat, do jornal novaiorquino, os investidores acreditam que os BRICs - em particular o Brasil, a Índia e a China - vão continuar a crescer, ainda que a um ritmo menor do que antes. Mas suas taxas deverão ser melhores do que as da maioria dos países desenvolvidos.

O WSJ ouviu analistas de investimentos que ressaltaram algumas diferenças entre os quatro países do grupo. A situação econômica da Rússia é diferente, mas o Brasil, a China e a Índia parecem mais fortes do que o resto do mundo, diz um deles, Robert Lutts, presidente de uma empresa financeira de Massachusetts, nos Estados Unidos.

O analista nota que esses três países não sofrem as mesmas dificuldades com o sistema financeiro que as nações desenvolvidas estãio enfrentando agora. O índice Dow Jones BRIC 50 é formado por 15 empresas cada do Brasil, Índia e China e 5 da Rússia.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
29/09/2015 -   Passage to India
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados