Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Quarta, 15 de Agosto de 2018

 

31/03/2009

Bloomberg: BRICs voltam a ser investimento atraente

China, Índia e Brasil têm boas perspectivas de sair da crise; Rússia é dúvida, diz agência

Investir nos BRICs pode ser uma boa maneira de reconstruir uma carteira de ações, opina o colunista John F. Wasik no site de notícias financeiras Bloomberg.com (Goldman Sachs BRIC Strategy Is Getting Hot Again, 30/3/2009).

O Brasil, a Rússia, a Índia e a China tiveram seus mercados de ações tão devastados em 2008 quanto os americanos e europeus, mas podem se recuperar depressa e manter um crescimento sustentado. 

A estratégia de investir nos BRICs, promovida pelo bancos de investimentos Goldman Sachs desde 2001, pode começar a merecer fé novamente, sugere o colunista. Apenas a Rússia, a economia mais fraca do grupo, levanta algumas dúvidas, por causa de seu endividamento, desemprego e da queda dos preços do petróleo.


Os BRICs vão virar BICs?

China, Índia e Brasil são uma história diferente, segue a análise - sugerindo até, em tom de humor, que o grupo deveria ser rebatizado BIC. A China vai, em algum momento, deixar de depender de exportações e concentrar-se no mercado interno de mais de 1,3 milhões de pessoas.

Brasil e Índia se beneficiarão de pacotes de estímulo interno e do comércio com a China, que voltará a crescer, segundo o colunista. E os sistemas financeiros dos três países não têm sequer uma fração da fragilidade dos bancos do mundo rico.

Os países emergentes provavelmente estarão em condições melhores de voltar a crescer, com menos inflação e dívidas, quando a recessão global acabar. As bolsas de valores dos BRICs - incluída a da Rússia - já começaram a se recuperar, e podem ser um investimento atraente para quem conseguir ver adiante do pântano financeiro em que caíram as principais economias industrias, conclui a análise.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
31/03/2016 -   Em 15 anos, a Votorantim e a Intercement chegaram ao grupo dos 20 maiores produtores do mundo
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   A bigger share, please?
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados