Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Quarta, 15 de Agosto de 2018

 

18/03/2009

Clarín: Lula e Cristina adiam negociação por causa de encontro

Quase 500 empresários acompanham a presidente argentina em visita a São Paulo

Os governos do Brasil e da Argentina decidiram adiar até o dia 24 de março as negociações sobre a adoção de cotas voluntárias de exportação no comércio entre os dois países, para não atrapalhar a visita que a presidente Cristina Kirchner fará a São Paulo na sexta-feira, acompanhada de quase meia centena de empresários, informa o Clarín, de Buenos Aires (Quinientos empresarios van con Cristina a Brasil, 18/3/09).

Será a maior missão comercial organizada até agora pelo país vizinho, assinala um diplomata argentino ouvido pelo jornal. O encontro dos empresários começa na quinta-feira e vai até sexta.

Cristina Kirchner e o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva encerrarão o seminário binacional com um almoço na Fiesp para 1.200 empresários dos dois países, segundo o Clarín. Nos dois dias, já estão marcadas 2 mil reuniões entre empresários argentinos e brasileiros.


Barreiras comerciais

A correspondente do jornal diz que diplomatas dos dois países concordaram em adiar a discussão do ponto mais conflituoso da agenda bilateral - a negociação de limites voluntários de exportação - uma vez que a presidente da Argentina não queria que a grande missão  empresarial desta semana fosse empanada pelos conflitos comerciais pendentes.

A Argentina vem impondo, nos últimos meses, a exigência de licenças não-automáticas de importação para produtos brasileiros dos setores de eletrodomésticos, autopeças, calçados, têxteis e confeccções, vidros e siderurgia. A concessão das licenças pode tardar até 60 dias, o que configuraria um caso de restrição ao comércio, na interpretação dos exportadores brasileiros.

Para industriais argentinos, no entanto, o Brasil vem mantendo superávits comerciais com o país vizinho há mais de cinco anos, o que justificaria a proteção.

Afastado o item mais problemático, dois pontos-chave dominam a agenda dos presidentes neste encontro, segundo as fontes argentinas: uma estratégia comum para lidar com os mercados internacionais em meio à crise, e uma proposta para Brasil e Argentina levarem conjuntamente á reunião de líderes do G20 no dia 2 de abril, em Londres.

foto capa: Roosewelt Pinheiro/ ABr



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
31/03/2016 -   Em 15 anos, a Votorantim e a Intercement chegaram ao grupo dos 20 maiores produtores do mundo
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   De olho no mundo
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   A bigger share, please?
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados