Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Terça, 21 de Novembro de 2017

 

03/03/2009

Vale Inco corta 900 empregos por causa de mercado em queda

Subsidiária canadense da Vale demite para ajustar produção de níquel à demanda

A Vale anunciou o corte de cerca de 900 funcionários de sua subsidiária canadense Vale Inco, em consequência da queda do preço e da demanda pelo níquel, um dos metais que ela extrai e vende.

Os cortes serão distribuídos pelas operações internacionais da companhia e se concentram em funções administrativas e de apoio, informa nota distribuída pela Vale Inco em sua sede em Toronto.

Tito Martins, o presidente da empresa, afirma na nota de imprensa que as decisões duras anunciadas hoje são, infelizmente, necessárias neste momento excepcional. "O preço declinante e a demanda reduzida por níquel deixam claro que continuar a trabalhar da maneira como o fazemos agora é simplesmente insustentável ", disse o executivo.


Minas fechadas

É a segunda vez em dois meses que a Vale anuncia demissões e redução de atividade. Em dezembro de 2008, a mineradora, uma das maiores multinacionais brasileiras, tinha anunciado o corte de 1.300 funcionários em todo o mundo.

Também em dezembro do ano passado, a Vale Inco já fechara minas e adiara projetos em resposta ao desaquecimento do mercado de níquel provocado pela crise mundial. O metal é usado na produção do aço inoxidável, entre outras aplicações.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
29/09/2015 -   Passage to India
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados