Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Domingo, 22 de Abril de 2018

 

23/02/2009

Le Monde: China vai à ofensiva para garantir matérias-primas

Jornal francês reporta que onda de aquisições e propostas chinesas causa preocupação na Austrália

O jornal francês Le Monde reporta a ofensiva do governo da China para assegurar o fornecimento de matérias-primas essenciais ao plano de estímulo da economia chinesa contra a crise global, e cita o acordo anunciado na semana passada com a Petrobras para a compra de até 160 mil barris de petróleo/dia (em contrapartida, o Banco de Desenvolvimento da China poderá emprestar US$ 10 bilhões à Petrobras para financiar a exploração das reservas de petróleo do pré-sal, no subsolo da plataforma continental brasileira). 

A matéria do Le Monde (L'offensive mondiale de la Chine pour , 20/2/2009) assinala também a sequência de aquisições e propostas que empresas chinesas tem feito a empresas australianas produtoras de minérios e metais, das quais a mais importante é a aquisição de uma fatia de 9% do capital da mineradora Rio Tinto pela chinesa Chinalco, grande produtora de alumínio.


Posição de força

O negócio de 19,5 bilhões de dólares - o maior já realizado por uma empresa chinesa no exterior, segundo o jornal - depende ainda da aprovação do governo da Austrália, e faria da Chinalco a dona de 18% da Rio Tinto. Mas há uma grande preocupação no país com a ofensiva chinesa sobre a indústria da mineração australiana, que envolve três outros negócios em andamento, informa o Le Monde.

Os australianos temem que as firmas donas das concessões para explorar os recursos naturais do país passem para as mãos de seus principais clientes, os chineses. O caso ilustra a posição de força de Pequim na atual situação de crise da economia mundial, que fragiliza os vendedores e reforça os ganhos dos compradores, analisa o jornal francês.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
31/03/2016 -   Em 15 anos, a Votorantim e a Intercement chegaram ao grupo dos 20 maiores produtores do mundo
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   De olho no mundo
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   A bigger share, please?
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados