Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Sábado, 21 de Abril de 2018

 

18/02/2009

FGV: Clima econômico no Brasil é menos ruim do que na AL

A América Latina mostra neste começo de ano o pior clima econômico desde que a pesquisa começou a ser feita, há 19 anos

Forte piora da situação atual da economia, mas uma ligeira melhora das expectativas, foi o resultado para o Brasil da mais recente Sondagem Econômica da América Latina, realizada pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas e pelo instituto alemão Ifo (Instituto de Pesquisa Econômica na Universidade de Munique, site em inglês).

Para a América Latina em geral, entretanto, os dois indicadores registraram queda, configurando o pior clima econômico registrado nos últimos 19 anos. O Índice do Clima Econômico (ICE) da AL caiu de 3,4 pontos para 2,9 pontos entre outubro de 2008 e janeiro de 2009 (índices abaixo de 5 significam piora das condições e das expectativas; acima de 5 indicam melhora).

É o pior índice em toda a história do estudo, que começou a ser feito em janeiro de 1990.


Situação atual e expectativas

No Brasil, o mesmo indicador caiu de 5 pontos, em outubro do ano passado - no limite entre o clima de crescimento e o de recessão - para 3,9 em janeiro deste ano, bem dentro da zona de recessão (o índice é calculado a partir de consultas a especialistas da região e não mede o crescimento econômico real dos países, apenas avalia se o clima econômico é expansivo ou recessivo).

O ICE sintetiza dois outros índices qualitativos, o Índice da Situação Atual (ISA) e o Índice das Expectativas (IE). No caso brasileiro, o ISA caiu de 7,3 para 4,7 pontos entre outubro de 2008 e janeiro de 2009, enquanto o IE melhorou ligeiramente, de 2,7 para 3,1 pontos.

Já na América Latina inteira, os dois índices caíram no mesmo período - o ISA, de 4,2 para 3,4, e o IE de 2,5 para 2,3. Nos dois casos, os resultados do Brasil mostram um clima econômico melhor do que a média da região, ainda que dentro das zonas de recessão e pessimismo. Para chegar aos resultados para a América Latina em janeiro, foram consultados 137 especialistas em 16 países da região.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
31/03/2016 -   Em 15 anos, a Votorantim e a Intercement chegaram ao grupo dos 20 maiores produtores do mundo
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   De olho no mundo
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   A bigger share, please?
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados