Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Sábado, 21 de Abril de 2018

 

Dez 2008/Jan 2009

Buenos Aires além da calle Florida

Sugestões para aventurar-se fora dos caminhos mais batidos na renovada capital argentina

Malba: o Abaporu de Tarsila está aqui

Jantar com show de tango, compras na calle Florida, domingo de manhã na feira de antiguidades de San Telmo. Bem, sabemos que Buenos Aires é mais que isso, muito mais. Se sobrar algum tempo depois do trabalho, nem que sejam algumas horas, eis coisas que valem a pena ver ou fazer na capital portenha:

:: Se tiver algumas horas...  pegue um táxi e vá ver o que há de novo no tradicional bairro de Palermo. Até o início dos anos 90 só ia a Palermo quem precisasse de uma oficina mecânica ou tivesse velhos parentes a visitar. Agora é a região mais viva e interessante da cidade. Os hotéis-butique, os restaurantes e sobretudo as lojas mais cool da cidade estão lá. Concentre-se nos quarteirões formados pelo quadrilátero das calles Gurruchaga, Costa Rica, Malábia e Gorriti. Para ir direto ao que interessa, consulte o mapa completo das lojas e das ruas no site www.saberadondeir.com.ar. Não haverá tempo para almoçar ou jantar, mas nada impede uma paradinha no caseiríssimo La Cupertina (Cabrera, 5300), onde a proprietária Cecília Hermann prepara empanadas fabulosas - metade do tamanho e o dobro do sabor habituais.

:: Se tiver um dia inteiro...  não tenha muita pressa, pois as boas lojas abrem tarde - depois das 11 - e os museus mais tarde ainda (ao meio-dia). Se acordar cedo, vá passear no Jardim Botânico (adjacente ao Zoológico), onde há espécimes do mundo inteiro e uma pequena área perfumada dedicada a ervas aromáticas. Depois, vá visitar o enigmático Abaporu, de Tarsila do Amaral, que espera os visitantes no topo da escada rolante no Museu de Arte Latino-Americana (Malba, em espanhol), na divisa dos bairros da Recoleta e Palermo. Ótima arquitetura, ótima coleção e ótimo exemplo de mecenatismo privado, já que o conjunto foi doado à cidade pelo empresário Eduardo Constantini. Para almoçar uma carne extraordinária, reserve uma mesa no pequeno La Cabrera, considerado a melhor carne da cidade segundo o Guia Óleo, o Zagat argentino. Tem o refinamento da simplicidade e da (falsa) despretensão, com ótimos vinhos. A 10 minutos de táxi está o pequeno mas completo shopping Pátio Bullrich, o mais chique da cidade. Tem de tudo, incluindo uma loja da grife de equitação e pólo La Martina.

:: Se tiver um fim de semana...  além do já indicado, prepare-se para duas ou três experiências de fundo estético-gastronômico. Em Puerto Madero, o Faena Hotel (também conhecido como Universo Hotel) é uma catedral pós-moderna em formato de galpão industrial, com a assinatura de Philippe Starck. É lugar para conhecer e para tomar um aperitivo, um mojito de champanhe. Para jantar, reserve com antecedência uma mesa no Casa Cruz. Comida contemporânea de grande qualidade, excelente carta de vinhos argentinos e estrangeiros, ambiente sensual, sofisticado e discreto. O lugar preferido pelos executivos e políticos mais em vista. Completamente diferente é o ótimo francês Nectarine, pequeno, clássico, elegante, íntimo (4813-6993). Com o Teatro Colón ainda fechado para interminável reforma, resta uma grande opção cultural: o delirante musical El Fulgor Argentino (sim, os argentinos riem deles mesmos!), todo sábado às 22h, no teatro de arena Catalinas.

foto ANP Press/ Grupo Keystone



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
31/03/2016 -   Em 15 anos, a Votorantim e a Intercement chegaram ao grupo dos 20 maiores produtores do mundo
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   De olho no mundo
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   A bigger share, please?
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados