Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Sábado, 25 de Novembro de 2017

 

Dez 2008/Jan 2009

A biotecnologia sai da toca

Empresas brasileiras preparam salto para a internacionalização

Vem aí um programa para incentivar a internacionalização das empresas brasileiras de biotecnologia. Três setores terão prioridade: alimentos, medicamentos e cosméticos. A idéia é aproveitar as oportunidades para combinar essas três áreas, segundo Alessandro Teixeira, presidente da Apex-Brasil, a agência que está à frente do programa: por exemplo, incorporando a alimentos e cosméticos produtos biotecnológicos que respondam a necessidades da saúde.

"As empresas brasileiras de biotecnologia são em sua maioria pequenas, e não têm porte nem estrutura para aventurar-se por conta própria no mercado externo", observa Eduardo Emrich Soares, diretor-presidente da Fundação Biominas, uma instituição mineira de apoio aos bionegócios. O programa vai ajudá-las a enfrentar o desafio, explorando um traço particular do setor, apontado por Teixeira: ele é intensivo em cérebros, não em capital. Em tempos de dinheiro curto, já é uma vantagem.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   O caminho da diferença
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
29/09/2015 -   Passage to India
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados