Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Quinta, 19 de Julho de 2018

 

Dez 2008/Jan 2009

O papel contra a crise

Fabricantes brasileiros querem sair na frente depois da recessão

Florestas plantadas: alta produtividade
O freio de arrumação global fez a indústria brasileira de celulose e papel cortar produção no fim do ano. Mas Elizabeth de Carvalhaes, presidente executiva da Bracelpa, a associação do setor, mira longe. Ela acredita que o Brasil vai sair da crise mais forte do que os norte-americanos e europeus, porque tem produtividade alta e tecnologia de ponta.

"As florestas são imunes à crise", diz a executiva. "Nossa competitividade se mantém." E avança um cenário mais à frente. "Queremos ter uma fábrica de papel mais perto do consumidor? Podemos até pensar em ir lá fora comprar." Antes, no entanto, a ordem é ganhar mercados de exportação para tomar da China o terceiro lugar na produção mundial de celulose - o Brasil estava pronto para chegar ao quarto posto no final de 2008, ultrapassando a Suécia e a Finlândia.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
31/03/2016 -   Em 15 anos, a Votorantim e a Intercement chegaram ao grupo dos 20 maiores produtores do mundo
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   De olho no mundo
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Passage to India
29/09/2015 -   A bigger share, please?
Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados