Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Segunda, 20 de Novembro de 2017

 

27/05/2013

Ethanol Summit

Pioneiros do carro flex vão receber homenagem

Nely Caixeta

A Única, a União da Indústria de Cana de Açúcar, vai aproveitar o mega evento que organiza nos dias 27 e 28 de junho em São Paulo, para render homenagem a sete personalidades que ajudaram a colocar o carro flex nas ruas brasileiras.  Entre os homenageados, figuram o ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues e o executivo Henri Joseph Jr., vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e gerente do Laboratório de Emissões e Testes de Motores da Volkswagen.



O primeiro, um entusiasta defensor da agroenergia, foi ministro durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva, entre 2003 e 2006. Rodrigues atuou como um verdadeiro ‘caixeiro viajante’ do setor, sempre defendendo o etanol dentro e fora do País, sobretudo buscando criar novos mercados ,” diz Adhemar Altieri, diretor de Comunicação Corporativa da União da Indústria de Cana-de-açúcar (UNICA) e organizador do Ethanol Summit. Ele qualifica de "decisivo" o apoio dado pelo ministro ao carro flex no momento em que foi introduzido no mercado, em 2003. “Era uma novidade", afirma Altieri. "Ninguém imaginava o sucesso que essa tecnologia teria mais tarde.”



 Já a atuação do segundo homenageado, Henri Joseph Jr, foi fundamental para a aceitação desse novo conceito de veículo dentro da Volkswagen. A montadora decidiu investir no lançamento do primeiro veículo totalmente flex no Brasil, o Gol TotalFlex, em 2003. “Entendo que os motores flex são a evolução dos carros movidos a etanol, tecnologia da qual participei também da implantação”, diz o executivo."Já estamos na quarta geração do motor flex." Segundo o executivo, o próximo salto é melhorar a eficiência do consumo de combustível desses motores. A meta do setor é que essa melhoria seja de 12% até 2017. “No máximo em quatro anos esperamos ter concluído o sistema de injeção direta de combustível, que enviará o etanol ou a gasolina diretamente para a câmara de combustão, onde há a queima, diferentemente do que acontece hoje com a injeção indireta que aplica o combustível no cabeçote do motor, o que pode gerar perda no percurso,” conclui.  Realizado a cada dois anos, o Ethanol Summit terá em junho sua quarta edição.



28/06/2016 -   FIESP destaca a importância da logística para a retomada do crescimento
02/05/2016 -   Movimat divulga detalhes da feira de setembro
03/10/2015 -   De olho no mundo
03/10/2015 -   Voando sobre o mundo
03/10/2015 -   O mundo é Azul
03/10/2015 -   O caminho da diferença
03/10/2015 -   Restaurantes, galerias, praias e parques de Miami
03/10/2015 -   A Ásia são muitas
01/10/2015 -   Um Calatrava no Rio
29/09/2015 -   Hungry and with a big appetite
29/09/2015 -   A bigger share, please?
29/09/2015 -   Passage to India


Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados